Na defesa do Servidor Público
Redes Sociais:
  • Corrupção está provada. Presidente da República denunciado
  • Juros moratórios - Vitória no plenário do Supremo Tribunal Federal - Requisição de pequeno valor e precatórios
  • Terra arrasada: o Congresso Nacional perdeu a moral
  • Fundo eleitoral de R$ 2,2 bilhões é uma afronta ao povo
  • Terceirização irrestrita é um erro
  • Voto em lista fechada é estratégia para garantir foro privilegiado a parlamentares investigados
  • O que o governo esconde na reforma da Previdência Social?
  • A inflação afeta tudo, exceto a tabela do imposto de renda
  • Déficit do INSS: o que aconteceu com os bilhões recolhidos pelo COFINS e PIS/PASEP?
  • Entidades de defesa dos servidores públicos sugerem alterações na PEC da reforma da Previdência Social

Fala do Presidente

Terra arrasada: o Congresso Nacional perdeu a moral

Por Antonio Tuccilio

Quando me pedem um palpite sobre os eleitos em 2018, eu costumo responder: “Aqueles que não estiverem presos”. Claro que há uma carga de humor negro nessa resposta, mas não deixa de ser provável que até lá possíveis candidatos à Presidência da República, aos governos dos estados e ao Congresso Nacional estejam, de fato, atrás das grades ou pelo menos prestando esclarecimentos à Justiça.

Leia mais

Filiadas

Sinsemug (PE)

Sinsemug entrega proposta de reajuste salarial de 2016

Leia mais

São Paulo

Fique atento: Fazenda alerta sobre fraudes em relação ao pagamento do IPVA

Leia mais

AFPEB (BA)

Corte de benefícios irregulares de aposentados economiza R$ 28 milhões em 2015

Leia mais

Diretor

Diretor Jurídico

A RESOLUÇÃO Nº 13 DE 26/04/2017 DA PROCURADORIA GERAL DO ESTADO - VERGONHOSO ACORDO

Por Júlio Bonafonte

O Governo do Estado de São Paulo, caloteiro oficial de precatórios alimentares, diante da obrigatoriedade de pagamento até 2020, determinada pelo Supremo Tribunal Federal na ADI 4357 – Modulação, vergonhosamente propõe acordo aos credores com o deságio de 40%, até para os que aguardam o pagamento há 17 anos, registrando-se que muitos vieram a falecer (90.000).

Leia mais